Fenam e FMB solidarizam-se com profissionais da saúde e exigem segurança

Notícias20 de maio de 2020
Fenam e FMB solidarizam-se com profissionais da saúde e exigem segurança

A Federação Nacional dos Médicos (Fenam) e a Federação Médica Brasileira (FMB) solidarizam-se com os quase 32 mil médicos brasileiros e demais profissionais da saúde que contraíram a Covid-19 e outros quase 115 mil que estão com suspeita da doença.

As Entidades também lamentam cada vida perdida de trabalhadores da saúde que com coragem honraram a profissão na linha de frente na luta contra o Coronavírus. Hoje o Brasil apresenta a posição crítica do primeiro país do mundo em mortes de profissionais de saúde, superando Estados Unidos, Espanha e Itália juntas.

O alto contágio é reflexo do desrespeito com aqueles que que têm se dedicado nas unidades de saúde muitas vezes com a carga de trabalho redobrada e baixos salários. Em muitos locais faltam equipamentos de proteção individual, condições de trabalho e capacitação.

É urgente que as autoridades tomem medidas para garantir a segurança de médicos e demais profissionais que estão no combate ao Coronavírus.

A Fenam e a FMB lembram que os equipamentos de proteção individual, além de proteger os trabalhadores, são segurança para seus familiares e a sociedade, tendo em vista que eles podem se tornar agentes na transmissão da doença.

É inaceitável que aqueles que salvam vidas tenham as suas e de seus familiares colocadas em risco por omissão e negligência do estado.

Por mais segurança!

Por mais respeito e dignidade!

Related Posts

0 0 votes
Article Rating
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Notícias Recentes

CARTA ABERTA AOS MÉDICOS DO PROGRAMA MÉDICOS PELO BRASIL
Em audiência pública, Fenam apela por agilidade na aprovação do novo Piso Salarial de médicos e dentistas
Vitória! Alteração do decreto n° 11.999 restaura a Comissão Nacional de Residência Médica
Novas faculdades: Fenam se manifesta sobre norma regulatória do MEC
0
Would love your thoughts, please comment.x