Fenam cobra tramitação do piso salarial dos médicos

Notícias19 de abril de 2024
Fenam cobra tramitação do piso salarial dos médicos

Em reunião com o senador Hiran Gonçalves, presidente da Comissão Mista Parlamentar da Medicina, ocorrida na última quarta-feira (17), a Federação Nacional dos Médicos (Fenam) cobrou celeridade na tramitação do Projeto de Lei que estabelece o piso salarial do médico no Brasil, que modifica o salário mínimo dos médicos e cirurgiões dentistas, previsto na Lei nº 3.999, de 15 de dezembro de 1961, em que por força da Constituição Federal.

Na ocasião, a Fenam buscou o apoio necessário para que a tramitação desse projeto seja tratada com mais presteza. Para o diretor de Relações Institucionais e Sindicais da Fenam, Jorge Darze “todos os pisos salariais que foram aprovados recentemente pelo Congresso Nacional, incluindo o da Enfermagem e dos Agentes Comunitários de Saúde, foram conquistados com grandes lutas e mobilizações. O nosso não será diferente”, disse.

Em audiência pública com a Comissão de Assuntos Econômicos, realizada em 12 de março com o relator da PL, senador Nelsinho Trad e representantes de entidades médicas, Rita Virgínia Marques, 1ª Secretária da Fenam, participou manifestando a urgência da aprovação dessa lei.

O PL passará pela Comissão de Assuntos Sociais, última a tramitar o projeto e a Fenam já começou a buscar apoio dos Senadores que integram essa comissão. Vale ressaltar que o PL não irá ao plenário do Senado, visto que se trata de um projeto terminativo.

A Federação Nacional dos Médicos está em busca de outros Partidos que apoiem o Projeto de Lei. Ainda na quarta-feira, a Fenam se reuniu com a liderança do Partido Republicano para discutir a pauta.

Related Posts

0 0 votes
Article Rating
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Notícias Recentes

Fenam participa de Mesa Nacional de Negociação Permanente do SUS
Governo se compromete com a equiparação da gratificação por desempenho
Avança negociação do reajuste salarial dos servidores do Ministério da Saúde
CARTA ABERTA AOS BRASILEIROS
0
Would love your thoughts, please comment.x