NOTA DE REPÚDIO

Notícias15 de abril de 2019

A Federação Nacional dos Médicos (FENAM) repudia com veemência a agressão sofrida por uma médica, no último dia 11, enquanto exercia as suas funções numa UPA de Colombo, na Grande Curitiba, no Paraná. A covarde agressão foi cometida pelos pais de uma paciente de sete anos, que chegaram a arrancar parte dos cabelos da médica. Esta foi a terceira agressão registrada contra profissionais de saúde na região, nas últimas três semanas. 

A FENAM vai acionar o Ministério Público e a Polícia para que tomem as medidas necessárias, visando a responsabilização dos agressores, e apresentem ações enérgicas para coibir novos atos de violência contra médicos. É inaceitável que fatos como esse continuem a ocorrer em nosso país, levando os médicos a uma situação de insegurança, que afeta não só a sua saúde física, mas também a emocional.

Federação Nacional dos Médicos

Posts Relacionados

Publique seu comentário