A efetivação do pagamento da diferença sobre a gratificação dos médicos federais será tema da audiência do presidente da FENAM com Ministros do Planejamento e da Saúde

24 de outubro de 2018

O presidente da Federação Nacional dos Médicos (FENAM), Jorge Darze, será recebido em audiência, nesta quinta-feira (25), às 9 horas, pelo Ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Esteves Pedro Colnago Junior, a quem irá solicitar uma definição para o pagamento da diferença do valor da gratificação de desempenho dos médicos federais. Darze irá em companhia do Ministro da Saúde, Gilberto Magalhães Occhi, que solicitou a audiência, e que defende o pagamento parcelado dessa diferença para todos os médicos federais, ativos e aposentados, em três ou quatro parcelas, a partir do próximo ano.

A agenda foi definida após reunião de Darze com o deputado federal reeleito Hiran Gonçalves, que é médico do Ministério da Saúde (MS), realizada nesta quarta-feira (24), na Câmara dos Deputados, em Brasília. Durante o encontro, o parlamentar telefonou para o Ministro da Saúde e os três se encontraram em seguida. Occhi, então, ligou para o colega do Planejamento e agendou a audiência para o dia seguinte.

O Ministro da Saúde, assim como Hiran Gonçalves, tem apoiado o pleito da FENAM, e está empenhado em corrigir a injustiça cometida pelo governo há cinco anos, e que desde então vem impondo aos médicos federais gratificação menor que todas as demais categorias de nível superior do Ministério da Saúde. O Occhi já tem em mãos uma planilha com o impacto orçamentário que o pagamento da diferença terá sobre o Orçamento da União para 2019.

“Espero que esta audiência possa se transformar no coroamento dessa luta, com a autorização da inclusão, já no Orçamento de 2019, dos recursos necessários para o pagamento dessa diferença, ainda que de forma parcelada. Será uma importante vitória, garantirmos, ainda no atual governo, a solução para a correção de uma grande injustiça cometida contra esses servidores, e que ao término do parcelamento, igualará a gratificação dos médicos ao valor dos demais servidores de nível superior do Ministério da Saúde”, ressaltou Jorge Darze.

Related Posts

Post your Comment

Notícias Recentes

Piso salarial da FENAM 2023
Sinmed-RN discute funcionamento de UPA com lideranças comunitárias
Simepi denuncia pacotização
FENAM fecha ACT com a ADAPS