Fenam reinvidica revisão de sua exclusão da Comissão Nacional de Residência Médica

Notícias20 de abril de 2024
Fenam reinvidica revisão de sua exclusão da Comissão Nacional de Residência Médica

A Federação Nacional dos Médicos (Fenam) enviou um ofício ao Vice-presidente do Brasil, Geraldo Alckmin; à Ministra da Saúde, Nísia Trindade; ao presidente da CNRM, Alexandre Brasil Carvalho da Fonseca e ao Ministro da Educação, Camilo Santana, expressando sua consternação e indignação com a recente exclusão da entidade da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM). O decreto 11.999, publicado em 17 de abril de 2024, retirou a representação da Fenam na CNRM.

Por 50 anos a Fenam atua como representante legítima da classe médica por meio de sua carta sindical. A retirada da Federação deste cargo inviabiliza a real discussão das questões relacionadas à formação médica de qualidade.

A Fenam, pelo princípio da unicidade sindical, é a única entidade legitimamente habilitada a representar os médicos em âmbito nacional. E suas reinvidicações e sua persistente atuação, em prol da classe médica, por sua relevância à toda a população brasileira, merecem reconhecimento e não retalhação e rechaço por parte do governo.

A Fenam, pela primeira vez em 50 anos, tem uma mulher em sua liderança. E justamente nessa ocasião, sua voz é silenciada e o governo, de forma arbitrária e sem qualquer diálogo, determina a sumária exclusão da entidade da comissão.

Diante disto, a Federação, perplexa com tamanho ato anti-democrático, solicitou uma audiência com máxima urgência, para tratar da reconsideração do exposto no Decreto N° 11.999.

Related Posts

0 0 votes
Article Rating
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Notícias Recentes

Fenam participa de Mesa Nacional de Negociação Permanente do SUS
Governo se compromete com a equiparação da gratificação por desempenho
Avança negociação do reajuste salarial dos servidores do Ministério da Saúde
CARTA ABERTA AOS BRASILEIROS
0
Would love your thoughts, please comment.x