Nota aos médicos e à sociedade

Notícias21 de outubro de 2020
Nota aos médicos e à sociedade

Em nota, entidades médicas se manifestam contra a decisão presidencial que retirou da função dos médicos do tráfego, a prerrogativa de exame avaliativo para a aprovação e renovação da Carteira Nacional de Habilitação, CNH, do Código de Trânsito Brasileiro.

Entidades como a Associação Médica Brasileira (AMB), a Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet), a Federação Nacional dos Médicos (Fenam) e a Frente Parlamentar da Medicina declararam que discordam da decisão e que vão tomar providências para reversão da mesma.

Os profissionais que atuam como médicos do tráfego permanecem na batalha, com o apoio de parlamentares que também defendem a causa. Pois acreditam que o título de especialista como médico do tráfego para realização do Exame de Aptidão Física e Mental – EAFM é o que garante a saúde e sobretudo maior segurança no trânsito das rodovias e vias do Brasil.

Posts Relacionados

Publique seu comentário