Presidente da FENAM participa de inauguração de novas alas do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle

26 de fevereiro de 2018
Nesta sexta-feira (23), o presidente da Federação Nacional dos Médicos (FENAM), Dr. Jorge Darze, foi convidado pelo diretor do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle (HUGG),  da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), Fernando Ferry, para inaugurar novos setores da unidade, que é filiada à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). No evento ocorreu ainda a assinatura de um termo de compromisso entre o Hospital e o Instituto Benjamin Constant (IBC).


 

Foram reformadas algumas enfermarias, o Centro de Tratamento e Terapia Intensiva (CTI), a área de coleta de sangue e a ala da maternidade, que será aberta ao público no início de abril. Além disso, durante este ano o hospital vai receber mais 500 novos funcionários. 


 

Estavam presentes também na inauguração o presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Kleber de Melo Morais, o reitor da Unirio, Luiz Pedro San Gil Jutuca,  o diretor do IBC, João Ricardo de Figueiredo e o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB-RJ).  
A visita

Durante a visitação, foram acertados os últimos detalhes para a finalização do convênio entre o HUGG e o IBC. O planejamento é de reativar plenamente a residência médica do Instituto, que está desativada desde 2016, viabilizando, desta maneira, a assistência à população:

 – Vamos assinar um termo de compromisso para fazermos a junção no serviço de oftalmologia, através de uma cooperação entre os profissionais da área, do hospital, com os oftalmologistas do Benjamin Constant. Ainda no mês de março, iremos realizar um mutirão para diminuir a fila de cataratas, que é uma cirurgia muito simples, mas se não for cuidada, pode levar a cegueira definitiva -, declarou Kleber Morais.

 

– O grupo que atua nesse hospital é dedicado e sensível às questões que permeiam a Saúde. Quando soubemos da situação do IBC, fizemos uma ação forte para auxiliar na manutenção do funcionamento da Instituição. Agora nosso Hospital poderá colaborar com a diminuição das filas de espera -, acrescentou o reitor da Unirio.

 

– Com essa parceria será possível conseguir recursos necessários para manter um programa de excelência em funcionamento, formando médicos e atendendo a população, em um centro que sempre foi referência no Brasil -, completou João Ricardo.

 

O redimensionamento a partir desta parceria poderá render uma média de 300 consultas por semana. Anteriormente, a capacidade do Instituto girava em torno de 1.200 atendimentos por ano.

Publique seu comentário