NOTA DE REPÚDIO

Notícias4 de outubro de 2023
NOTA DE REPÚDIO

A FENAM está ao lado da médica que, de forma injusta e inaceitável, teve seu trabalho interrompido no Hospital do Ipiranga. Condenamos veementemente o abuso de poder que levou à prisão da médica, o que é absolutamente inaceitável em tempos como os que vivemos.

A médica agiu estritamente de acordo com o protocolo ao não divulgar informações de saúde de um policial militar internado no hospital. Sua ação, longe de ser desacato, foi um ato de respeito às diretrizes médicas.

Lamentavelmente, essa situação resultou em três horas de negligência no atendimento a pacientes na UTI, já que a médica foi retirada à força do local de trabalho, algemada e conduzida na parte de trás de uma viatura policial. Posteriormente, foi registrado um termo circunstanciado em relação ao incidente.

A FENAM está comprometida em apoiar esta médica e tomar todas as medidas necessárias para garantir justiça e equidade, não apenas para ela, mas para todos os médicos. Ninguém está acima do respeito aos direitos e à dignidade de cada profissional de saúde.

Nosso departamento jurídico está à disposição para cumprir seu papel institucional de acolher e proteger esta médica e buscar justiça em seu nome.

Reiteramos nosso repúdio a qualquer abuso de poder e nossa determinação em defender os médicos e a medicina no Brasil.

Related Posts

0 0 votes
Article Rating
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Notícias Recentes

Avança negociação do reajuste salarial dos servidores do Ministério da Saúde
CARTA ABERTA AOS BRASILEIROS
Entidades aprovam acordo com a Ebserh, mas assembleias precisam homologar
Fenam participa de manifestação contra desmonte da Rede Federal de Saúde
0
Would love your thoughts, please comment.x