Ministro da Saúde sinaliza avanços para pleitos das entidades médicas

11 de setembro de 2018

Vai criar comissão para implementar resoluções do ENEM e
defender a inclusão dos recursos para pagar diferença da gratificação dos
médicos federais, no Orçamento de 2019

Nesta segunda-feira (10), foi a vez do Ministro da Saúde,
Gilberto Occhi, receber das mãos dos representantes das entidades nacionais
médicas o relatório final do último Encontro Nacional das Entidades Médicas
(ENEM). Estiveram presentes o Dr. Jorge Darze, presidente da Federação Nacional
dos Médicos (FENAM), o Dr. Carlos Vital Correia Lima, presidente do Conselho
Federal de Medicina (CFM), e o diretor da Associação Médica Brasileira (AMB),
Dr. José Luiz Dantas Mestrinho. Durante o encontro ficou acertada a criação de
uma comissão a ser criada através de decreto pelo ministro para representação
das entidades médicas nacionais, com o objetivo de discutir as resoluções e a
implementação das decisões do ENEM. Resultado importante da audiência.

Na ocasião, o presidente da FENAM aproveitou para falar com
o ministro sobre a gratificação dos médicos federais. Diante do pedido de apoio
para incluir no Orçamento Federal de 2019 a correção do valor da gratificação
dos médicos do Ministério da Saúde, Occhi assumiu o compromisso de buscar a
forma mais rápida para incluir estes recursos na Lei Orçamentária, e que para
isso irá recorrer ao Ministério do Planejamento.

“Demos um passo importante nesta audiência, tanto no que se
refere às deliberações do ENEM, quanto ao nosso pleito de solucionar a injustiça
cometida com os médicos federais”, comemorou Jorge Darze.

O presidente do CFM, na oportunidade, entregou o documento
produzido pelo Conselho, que apresenta dados sobre a demografia médica no
Brasil.

Jorge Darze descontraiu o encontro ao perguntar se poderia
ganhar outra camisa do Flamengo, em alusão à que recebeu das mãos de Occhi
quando ele era presidente da Caixa.

 

Posts Relacionados

Publique seu comentário