Fenam solicita a intervenção do Secretário Executivo do Ministério da Saúde para sanar problemas da área médica

16 de agosto de 2018

O presidente da Federação Nacional dos Médicos (FENAM), Dr. Jorge Darze, participou, nesta quarta-feira (15), em Brasília, de audiência com o Secretário Executivo do Ministério da Saúde, Adeilson Loureiro Cavalcante. O encontro, realizado a pedido da federação, teve por objetivo abordar graves problemas enfrentados pela categoria médica: a situação de crise da rede pública federal do Rio de Janeiro e a falta de correção da gratificação dos médicos federais. 

Jorge Darze apresentou um relatório sobre a situação das unidades federais do Rio, que enfrentam sérias deficiências provocados por gestões ineficientes, principalmente o déficit de profissionais, apesar da existência de uma portaria dos Ministérios da Saúde e do Planejamento, na gestão anterior, que determina a contratação de mais de três mil servidores. 

Ele denunciou ainda o desabastecimento nas unidades, que é uma das consequências da má gestão dos hospitais. O presidente da Fenam solicitou do Secretário a adoção de medidas urgentes contra a inércia dos responsáveis pelo Ministério da Saúde no Rio de Janeiro. 

Adeilson Cavalcante assumiu o compromisso de agendar uma audiência, já para a próxima semana, com o próprio ministro, para que Darze e ele possam levar até ele os problemas ali colocados. 

Sobre a gratificação dos médicos federais, Jorge Darze destacou que não é possível que os médicos do Ministério da Saúde continuem recebendo menos que os demais servidores de nível superior. Até então sem conhecer o problema, já que assumiu o cargo recentemente, o Secretário prometeu inclui-lo na pauta da audiência com o ministro. 

“O momento é propício para buscarmos a correção das gratificações, porque a proposta orçamentária está sendo formulada para ser enviada para o Congresso Nacional, frisou Darze.

Posts Relacionados

Publique seu comentário