Reunião Plenária da Comissão Nacional de Residência Médica aprova Matriz de Competências de Hepatologia

16 de maio de 2018

Nesta terça-feira (17), foi realizada mais uma plenária da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), no Ministério da Educação (MEC), em Brasília (DF). O diretor de Formação Profissional, Residência Médica e Educação Permanente da Federação Nacional dos Médicos (FENAM), Dr. José Antônio Romano, representou a entidade. O encontro acontece até amanhã (18). 

Dentre os pontos abordados neste primeiro dia, destacou-se a aprovação da Matriz de Competências de Hepatologia. Além disso, também tiveram destaque: 

1- Aprovação das Atas da Sessão Plenária de abril de 2018;

2- Apresentação da Matriz de Competências da Gastroenterologia – Sociedade Brasileira de Gastroenterologia;

3- Apresentação da Matriz de Competências da Ortopedia e Traumatologia – Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia;

4- Apresentação das Diretrizes para construção dos instrumentos de avaliação – residente/instituição;

5- Documento informativo sobre os aditamentos de atos autorizativos dos Hospitais Federais;

6- Processos Tramitados pelo SEI: Sistema Eletrônico de Informações – Denúncias/ Transferências/ Reconhecimentos de Diplomas.

No segundo dia, foi feita a aprovação da matriz de competências da Medicina Nuclear. Além disso, a programação contou com os pontos destacados abaixo: 

1- Apresentação da proposta de Acesso direto e quatro anos na Medicina intensiva – AMIB;

2- Apresentação de Minuta de Resolução de Reconhecimento das Residências cursadas no exterior;

3- Discussão sobre a realização de Fórum sobre a Graduação e Residência Médica no 2º semestre/ 2018;

4- Apresentação de minuta e Projeto Piloto da Neurologia – 4 anos;

5- Apresentação da Matriz de Competências da Neurologia – Sociedade Brasileira de Neurologia;

6- Informes gerais;

7- Processos eletrônicos.

Romano afirmou que com a aprovação dessas matrizes, os médicos residentes tem maior estabilidade, pois terão o mesmo ensino e treinamento em qualquer região do Brasil. 

A Matriz

A matriz de competência serve para alinhar as habilidades que o profissional terá, sendo assim, diferente do currículo. A instituição que define as matrizes para a formação de especialistas na área de residência é a CNRM, o Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Médica Brasileira (AMB), de acordo com o decreto nº 8.516/2015, que regulamenta a formação do Cadastro Nacional de Especialistas.

Fonte: FENAM

Posts Relacionados

Publique seu comentário