FENAM discute diligências de hospitais do Rio de Janeiro em reunião do CNRM

25 de janeiro de 2018

Nestas quarta e quinta-feira (24 e 25), a Federação Nacional dos Médicos (FENAM) esteve presente na Reunião Plenária da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), no Ministério da Educação, em Brasília-DF, onde foram discutidas as diligências de dois hospitais do Rio de Janeiro). Representando a FENAM, esteve presente o diretor de Formação Profissional, Residência Médica e Educação Permanente, Dr. José Antônio Romano.

Ficou decidido que o Hospital Pedro Ernesto, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), sairia do estado de diligência, uma vez que o hospital respondeu às demandas que o levaram à diligência, sobretudo quanto ao não pagamento das bolsas. Os secretários de Ciência e Tecnologia e de Saúde assinaram um documento, entregue ao CNRM, assumindo compromisso pelo pagamento dos residentes. Dessa forma, o pagamento das bolsas foi regularizado e o hospital saiu da diligência.

Entretanto, no caso da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a Comissão Nacional decidiu manter a diligência e estabeleceu a realização de uma visita in loco 30 dias após a entrada dos novos residentes. 

O diretor de Formação Profissional, Residência Médica e Educação Permanente da FENAM ressalta a importância do encontro: “Foram duas grandes questões que foram votadas nessa reunião”.


Fonte: FENAM

Posts Relacionados

Publique seu comentário