Pesquisa desenvolvida no INC recebe prêmio nos Estados Unidos

10 de janeiro de 2018
Uma pesquisa desenvolvida pela equipe de arritmia do Instituto Nacional de Cardiologia (INC), chefiada pelo cardiologista Fernando Cruz, foi premiada pela American Heart Association (AHA), uma organização americana de cardiologia sem fins lucrativos.
 

A pesquisa foi desenvolvida em conjunto com mais três centros: o Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR); e a Fundação Fleni da Argentina.
 

A pesquisa tem como tema a indução de células-tronco para o tratamento de arritmias cardíacas e foi apresentada pela pós-doutoranda da UFRJ, Fernanda Mesquita. A pesquisadora expôs o trabalho para profissionais de cardiologia do mundo inteiro.


A premiação aconteceu em novembro, na Califórnia, durante a Scientific Sessions 2017, evento organizado pela AHA. Os autores da pesquisa ganharam o prêmio Paul Dudley White de Time de Ciência Internacional no Brasil (International Science Team Award). O nome do prêmio é uma homenagem ao cardiologista americano, que foi um dos fundadores da Associação.
 

Doutor Fernando Cruz conta que os quatro centros começaram a desenvolver o estudo há um ano e meio: “Cada centro fazia uma parte, mas o importante é o resultado final”, afirma.

0 0 votes
Article Rating
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Notícias Recentes

CARTA ABERTA AOS MÉDICOS DO PROGRAMA MÉDICOS PELO BRASIL
Em audiência pública, Fenam apela por agilidade na aprovação do novo Piso Salarial de médicos e dentistas
Vitória! Alteração do decreto n° 11.999 restaura a Comissão Nacional de Residência Médica
Novas faculdades: Fenam se manifesta sobre norma regulatória do MEC
0
Would love your thoughts, please comment.x