Comissão Nacional de Residência Médica aprova matriz de competência da Medicina de Família e Comunidade

14 de dezembro de 2017

Brasília (DF), sediou nesta quarta e quinta-feira (13 e 14), a Reunião Plenária da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM). A Federação Nacional dos Médicos (FENAM) foi  representada pelo diretor de Formação Profissional Residência Médica e Ed. Permanente, Dr. José Antônio A. Romano, e pelo presidente do Sindicato dos Médicos de Governador Valadares, Dr. Adhemar Figueiredo.

Dr. Romano disse que a última reunião do ano foi muito importante e produtiva, pois as entidades conquistaram a aprovação da matriz de competência da Medicina de Família e Comunidade, fora outras importantes questões como o Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab). “Tivemos ainda a participação massiva das Comissões Estaduais e dos conselheiros da Comissão Nacional. Foi um ano repleto de conquistas e a FENAM esteve presente neste momento histórico, onde estamos conseguindo aprovar as matrizes de competência por especialidade junto com as sociedades de especialidade”, comemorou. 

Para Daniel Knupp Augusto, que é Médico de Família e Comunidade  e Secretário  Geral da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC), a aprovação da matriz é um grande passo para a consolidação da Atenção Primária no país. “Com essa nova matriz será possível pautar a formação de médicos de família e comunidade,  com as competências necessárias para oferecer nos serviços de atenção primária um cuidado de alto valor, resolutivo e centrado nas necessidades das pessoas”, disse. 

Daniel, disse ainda que a delimitação de competências para o profissional da Atenção Primária, o médico de família e comunidade, abre um campo para que as competências dos especialistas que atuam em outros locais do sistema de saúde possam ser delimitadas também. 

 Fonte: FENAM

Posts Relacionados

Publique seu comentário