Prefeito de Caxias não paga salário e desrespeita servidores públicos

26 de outubro de 2017

Nesta quinta-feira (26), o presidente da Federação Nacional dos Médicos (FENAM), Jorge Darze, declarou repudiar as declarações do prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis, que discutiu com servidores públicos do município, devido aos atrasos no pagamento dos salários. 

 Em um vídeo, que está circulando na internet, ele afirma que vai cortar o ponto e demitir aqueles que não trabalharem. Para quem não pode pagar a passagem do próprio bolso, ele sugere que “deve dar emprego para outro”.

“Vou falar para você com toda a honestidade. Quem não está podendo tem que pegar e largar o emprego. Dá para outro”, disse Washington Reis.

O prefeito ainda reafirmou que os salários vão atrasar. “Vai ter atraso. Dezembro tem o 13º”.

Questionado pelos trabalhadores, que afirmam que precisam pagar as contas e deveriam receber com prioridade, o prefeito respondeu que esta foi a “herança” que ele recebeu ao assumir a gestão.

Sobre os trabalhadores que não têm dinheiro para passagem, já que não recebem, e que portanto não têm como ir ao trabalho, ele disse que cortará o ponto dos empregados e os substituirá. “Bota outro que tenha dinheiro para a passagem.”

Para Darze, o prefeito, que foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), não tem credencial moral, nem politica para continuar a frente do governo de Duque de Caxias e tem demonstrado isso na prática quando ele desrespeita o servidor publico, que está sem salário.

“Esse é um dialogo estupido, grosseiro, mal educado e sem respeito com os servidores que estão sem salário. O prefeito  reconhece que os salários estão atrasados, e diz que isso foi uma  herança recebida do governo passado. Isso a gente não pode aceitar porque quando o sujeito é candidato ao governo ele sabe exatamente como se encontra as finanças. De nada adianta, depois de ganhar a eleição, vir com esse discurso de que não sabia como as coisas estavam. Esses balanços são públicos, então ele sabia que a situação do caixa da prefeitura não estava”, desabafou. 

Darze alertou ainda que, diante de tanta incompetência, é preciso que o governo renuncie o mais rápido possível, para acabar com o sofrimento da população do município de Caxias.

Questionada, a Prefeitura de Duque de Caxias informou que  os profissionais que faltarem sem justificativa poderão responder a uma sindicância administrativa. Por fim, afirmou que os salários atrasados de setembro deverão ser pagos nos próximos dias.
Acesse aqui o vídeo

 
Fonte: FENAM e G1

Posts Relacionados

Publique seu comentário