Entidades aprovam acordo com a Ebserh, mas assembleias precisam homologar

Notícias9 de maio de 2024
Entidades aprovam acordo com a Ebserh, mas assembleias precisam homologar

Após meses de tratativas entre as entidades sindicais de representação dos profissionais de saúde e a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), foi aprovado na tarde desta quarta-feira (8), o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2024/2026. No entanto, cada entidade ainda submeterá o acordo à homologação em assembleias. A conclusão das negociações ocorreu com mediação do Ministro do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Aloysio Corrêa da Veiga.

Entre as principais propostas acordadas estão:

Reajuste salarial de 3,09%, equivalente a 80% do INPC, será implementado a partir de maio, com retroatividade a março. Para o próximo ano, está previsto um aumento correspondente a 100% do INPC.

Auxílio alimentação de R$ 800 mensais e a partir de março de 2025 o benefício será de R$ 1000 por mês;

Auxílio creche de R$ 484,90;

Auxílio saúde e odontológico de R$ 190,65;

50% de compensação para os empregados que aderiram à greve.

Geraldo Ferreira, diretor de Finanças da Federação Nacional dos Médicos (Fenam), ressaltou: “Essa conquista é fruto de um esforço conjunto. Fizemos o possível. Nós também fomos pressionados pelo Ministério Público para chegarmos a um acordo, e graças à mediação do Ministro Aloysio, conseguimos esse entendimento que, embora ainda seja levado às assembleias, a Fenam já deu seu aval”.

Related Posts

0 0 votes
Article Rating
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Notícias Recentes

Fenam participa de Mesa Nacional de Negociação Permanente do SUS
Governo se compromete com a equiparação da gratificação por desempenho
Avança negociação do reajuste salarial dos servidores do Ministério da Saúde
CARTA ABERTA AOS BRASILEIROS
0
Would love your thoughts, please comment.x